El Ojo Eléctrico

Curadoria: Antonia Gaeta and Pilar Soler
11 Outubro 2019 – 05 Janeiro 2020

La Casa Encendida

 

A exposição El ojo eléctrico com curadoria de Antonia Gaeta e Pilar Soler em exibição até dia 5 de Janeiro na La Casa Encendida reúne trabalhos de 41 artistas da nossa colecção.
Concentra-se na apresentação de uma série de obras que usam a linguagem artística para desvendar uma enigmática ida e volta entre várias dimensões ou entre uma realidade visível e invisível, através de mensagens encriptadas que usam estruturas cosmológicas como suporte para realidades e mundos diferentes, muitas vezes deliberadamente obscura e de iconografia complexa.
A compreensão destas obras reside no encontro entre formas e significados que reúnem entidades e figuras tutelares. Um projecto sobre o mistério do significado e da presença oculta. A exposição dramatiza estes elementos como se fossem memórias transitórias que se materializam em realidades múltiplas e complexas, cálculos concretos, pirâmides de poder, apatia combatida com a concretização de uma missão visionária.
Enfatiza-se uma impossibilidade desafiadora de decifrar na sua totalidade a mensagem inscrita nas obras, uma vez que os artistas muitas vezes agem como mediadores entre o mundo racional e o desconhecido ou transcendental. Estas obras tornam-se relatos do inconsciente e assumem, sem querer, aspectos subversivos diante do discurso da ordem estabelecida. Questionam os limites da razão através de diferentes mensagens codificadas, fórmulas, figuras inventadas e códigos secretos. Há sempre algo oculto que se torna um enigma e que emerge como o único espaço possível de libertação perante a sua condição patológica. O projecto expositivo, pensado nesses termos, mostra a força dos processos subjectivos, obsessões compulsivas e visões fantásticas.

 

 

Press Kit (SP)